Clientes e pacientes buscando um corpo perfeito é um quadro cada vez mais frequente nos consultórios, hoje em dia, para isso, existem diversos tratamentos que procuram alcançar tal objetivo. O conceito IN/OUT trabalha com a beleza de dentro para fora, com base em suplementos nutricionais e nutricosméticos que atuam de forma sistêmica, auxiliando tanto na prevenção quanto na melhora da qualidade e aparência de tecidos e estruturas corporais como pele, cabelos e unhas, e, ainda, na promoção da estética e forma corporal.

Atualmente, no mercado, existe uma série de produtos destinados à estética com diversas ações específicas, como ação fotoprotetora, anti envelhecimento, hidratantes do tecido cutâneo, para prevenção e tratamento de melasmas, acne e dermatites, redução da hidrolipodistrofia e da adiposidade localizada e fortalecimento de unhas e cabelos, que podem ser encontrados na forma farmacêutica (cápsulas e comprimidos), em alimentos (balas e chocolates) e até como cosméticos (cremes e géis).

A ingestão de nutricosméticos e nutracêuticos atuam no conceito do IN/OUT complementando a ingestão insuficiente de nutrientes específicos para combater problemas estéticos. Esses produtos visam garantir o fornecimento de determinados nutrientes ou substâncias bioativas em quantidades adequadas para potencializar a absorção desses nutrientes, assim, facilitando a melhora de diversos aspectos estéticos.

O uso dos produtos IN/OUT para a melhora da qualidade da pele é a maior tendência no mundo da estética, existem muitos produtos que utilizam vitaminas E e C, licopeno, aloe vera ou ácido elágico como principal ativo encontrado na formulação de cápsulas, cremes tópicos e suplementos, pois, de certa forma, essas três categorias estão interligadas e cabe ao nutricionista trabalhar, em conjunto, com o dermatologista para auxiliar o paciente a alcançar seu objetivo de maneira mais eficiente, com o uso de produtos que atuam tanto “dentro do corpo” quanto “fora do corpo”.

Referências:

ANUNCIATO, T.P. Nutricosméticos. 2011. Dissertação -Mestrado – Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto/USP, Ribeirão Preto,  2011.

PASCHOAL V. et al.  Suplementação funcional magistral. São Paulo: VP, 2009.