Nos últimos anos, foi possível observar um aumento expressivo na busca por cuidados com a saúde da pele, principalmente no público feminino. Hoje em dia é possível encontrar dermocosméticos disponíveis para todos os tipos de pele e para todas queixas dos pacientes. Entretanto, é importante lembrar que a nutrição também possui um papel importante na para potencializar o resultado In & Out. 

Impacto do estresse oxidativo na pele 

A pele é o maior órgão presente no organismo, sendo o responsável pela proteção dos outros órgãos contra os danos que podem ser causados pelo ambiente externo e prevenção de perda de água corpórea – que pode desencadear um quadro de desidratação. Além disso, a pele está diretamente associada com a questão estética, e esse é o motivo pelo qual muitos se incomodam com o aparecimento de acne e linhas de expressão, por exemplo.

Com o passar dos anos, fatores internos, como o envelhecimento natural, e fatores externos, como alta exposição à poluição e raios solares UV, aceleram o processo de envelhecimento da pele, causando um desconforto na maioria dos pacientes. O envelhecimento precoce acontece em decorrência do aumento de espécies reativas de oxigênio no organismo, fator que potencializa os danos causados pelo estresse oxidativo e apoptose celular.

Quais patologias da pele podem ser causadas pelo estresse oxidativo?

 

Mulher e health skin

 

A queixa mais recorrente das pacientes é o aparecimento precoce das linhas de expressão. Como dito anteriormente, este fator acontece em decorrência do aumento dos danos causados pelo estresse oxidativo, que afeta a síntese de colágeno e enfraquece o tecido cutâneo.

Entretanto, o estresse oxidativo também influencia no desenvolvimento de outras patologias, como:

  • Câncer de pele

  • Melasma

  • Queratose actínica

  • Acne vulgaris 

Alimentos fotoprotetores na nutrição estética

Os danos causados pelo estresse oxidativo possuem um impacto maléfico para a saúde do tecido cutâneo. É importante ressaltar que o consumo de alimentos ultraprocessados e de proteína de origem animal, são fatores que intensificam estes danos.

Em contrapartida, a ingestão de carotenóides, flavonóides, probióticos, vitaminas e minerais antioxidantes, são descritos na literatura como estratégias para prevenção e tratamento coadjuvante dessas patologias. Além disso, é recomendado o consumo de proteína de origem vegetal, já que a mesma garante uma melhora na proteção contra o estresse oxidativo.

Um estudo (CALNIQUER et al., 2021) observou o efeito que a combinação de carotenóides e polifenóis possuem na melhora da resposta protetora contra os danos causados pelos raios ultravioletas. Esta proteção tende a ser causada através da ativação do NF-kB e Nrf2.

Health Skin na 7ª Edição do MBNE (H4)

A nutrição integrada, associada ao uso consciente de dermocosméticos, é chave para garantir a fotoproteção, amenizando sinais do dermoenvelhecimento, queixa tão frequente na rotina das mulheres em atendimento nutricional. Para saber mais sobre essa associação, confira os assuntos ministrados pelo Dr. Luciano Bruno e Dr. Alexandre Aguiar no Módulo Health Skin da 7ª edição do MBNE.

Clique aqui e saiba mais sobre o MBNE 2022.

REFERÊNCIAS

MICHALAK, Monika; PIERZAK, Monika; KRęCISZ, Beata; SULIGA, Edyta. Bioactive Compounds for Skin Health: a review. Nutrients, [S.L.], v. 13, n. 1, p. 203, 12 jan. 2021. MDPI AG. http://dx.doi.org/10.3390/nu13010203. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7827176/. Acesso em: 03 mar. 2022.

CAO, Changwei; XIAO, Zhichao; WU, Yinglong; GE, Changrong. Diet and Skin Aging—From the Perspective of Food Nutrition. Nutrients, [S.L.], v. 12, n. 3, p. 870, 24 mar. 2020. MDPI AG. http://dx.doi.org/10.3390/nu12030870. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7146365/. Acesso em: 03 mar. 2022.

MIRANDA, Roseane B.; WEIMER, Patrícia; ROSSI, Rochele C.. Effects of hydrolyzed collagen supplementation on skin aging: a systematic review and meta⠰analysis. International Journal Of Dermatology, [S.L.], v. 60, n. 12, p. 1449-1461, 20 mar. 2021. Wiley. http://dx.doi.org/10.1111/ijd.15518. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33742704/. Acesso em: 03 mar. 2022.

RINNERTHALER, Mark; BISCHOF, Johannes; STREUBEL, Maria; TROST, Andrea; RICHTER, Klaus. Oxidative Stress in Aging Human Skin. Biomolecules, [S.L.], v. 5, n. 2, p. 545-589, 21 abr. 2015. MDPI AG. http://dx.doi.org/10.3390/biom5020545. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4496685/#:~:text=Oxidative%20stress%20in%20skin%20plays,stress%20caused%20by%20UV%20irradiation.. Acesso em: 03 mar. 2022.

CALNIQUER, Glenda et al. Combined Effects of Carotenoids and Polyphenols in Balancing the Response of Skin Cells to UV Irradiation. Molecules, [S.L.], v. 26, n. 7, p. 1-16, 30 mar. 2021. MDPI AG. http://dx.doi.org/10.3390/molecules26071931. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC8036680/. Acesso em: 05 mar. 2022.