LANÇAMENTO

TAKE NOTES

Os principais highlights de todas as palestras, reunidos em um material para você.

MENOPAUSA

O climatério é um processo biológico que pode durar até sete anos na vida da mulher com mudanças físicas e comportamentais.

Como modular o perfil hormonal nesta fase, pensando em ajustar rotas para auxiliar no emagrecimento? Qual a importância de discutir alterações emocionais em busca de preparar a mulher na pré e pós menopausa?

blank

Menopausa e Saúde Mental da Mulher: um olhar para a programação metabólica

1,6 bilhão de mulheres na menopausa.

1/3 das mulheres brasileiras já estão no climatério. 

Por que falar em saúde mental no climatério/menopausa? 

– Risco aumentado para doença de Alzheimer em 2x, e se tiver o alelo APOE4, risco 4x maior;

– Risco aumentado em 2x para depressão;

– Risco aumentado em 2x para AVC;

– Risco aumentado em 3x para doença de Parkinson;

– Depressão risco independente para doença cardiovascular (DCV) → DCV representa cerca de 56% da morte das mulheres.

Alguns conceitos importantes desta fase: 

blank

Climatério – 40 a 65 anos → menopausa é uma parte dele.
Menopausa → final do período reprodutivo.
Perimenopausa – 3 anos antes da última da menstruação e 3 anos depois.

A mulher passa 1/3 da sua vida na pós-menopausa!

Menopausa cirúrgica → retirada dos 2 ovários. Retirada apenas do útero → aumenta o risco para resistência à insulina e diabetes.

Para quem tira os 2 ovários, em apenas 2 semanas já inicia os sintomas da menopausa. FSH > 25mUI/mL → insuficiência ovariana. 45 – 47 anos → grande prevalência de osteopenia.

Alterações emocionais e mentais 

A perimenopausa é um período, neurologicamente falando, de muito impacto. Há redução da integração neurossensorial, reduz função executiva e regulação do humor → alterações emocionais e humorais.

80% das mulheres apresentam sintomas neuropsiquiátricos → suor noturno, dor, disfunção cognitiva, alterações de humor, ansiedade, insônia, depressão.

Alterações da bioenergética celular responsável pelo aumento dos sintomas → há uma queda de 30% do metabolismo da glicose no cérebro → que está relacionada com a queda de estradiol.

Névoa cerebral = brain fog: falta de foco, lentificação do pensamento, lapsos de memória e procrastinação.

Os neurônios têm sua produção própria de esteroides tanto pela metabolização da testosterona circulante pela Aromatase P450, como através da síntese de novo a partir do colesterol.

Os níveis de neuroesteroides também declinam no climatério.

45 – 65 anos → fase em que há mais número de suicídios entre as mulheres. 

O funcionamento mitocondrial ainda é afetado por fatores relacionados ao estilo de vida como: 

Disbiose, sedentarismo, obesidade, privação do sono, uso de álcool e drogas, resistência à insulina. 

Inflamassoma x doenças

O inflamassoma é o mediador central no qual o estresse físico e psicológico pode contribuir para o desenvolvimento da depressão e doenças sistêmicas. 

Quando começar a se preparar para a menopausa? 

Programação metabólica: 20.000 dias da vida da mulher! 

blank

ADRIANA PEREIRA

PSIQUIATRA CRM 90292

TEMA
Menopausa e Saúde Mental da Mulher: um olhar para a programação metabólica

Veja mais sobre a palestra

Quer saber mais sobre o assunto?
Separamos alguns conteúdos para
enriquecer ainda mais seus estudos.

blank

Modulação hormonal no climatério: como promover emagrecimento?

Marcadores mais importantes da menopausa → redução do estrogênio e da progesterona, além do FSH

Estrogênio → importante para regulação do balanço energético, sensibilidade à insulina, polarização macrofágica (M2) e tecido adiposo saudável.

Modificação na composição corporal do climatério 

5 anos antes da menopausa acontecer, já há um aumento da massa de gordura, redução de massa magra e aumento do peso.

A queda de estrogênio afeta todo o eixo de taxa metabólica basal. 

Emagrecimento no climatério 

Visar 10% de perda de peso corporal → já beneficiará a saúde desta mulher.

Taxa de recuperação da perda de peso → 10 a 35% do peso perdido. Por isso, é importante o tratamento a longo prazo.

Emagrecimento é uma agressão ao organismo e isso está associado com o reganho de peso após perda de peso.

Emagrecimento não é linear. Por isso que o ideal é o processo de emagrecimento em fases.

Como promover o emagrecimento na menopausa? 

Fase 1 – Fase de choque → queda de hormônios tireoidianos, média de perda de peso de 3 a 4 kg.

Fase 2 – Adaptação → continua emagrecendo, mas em menor velocidade. Alterações hormonais.

Fase 3 – Resistência / Platô →

Fase 4 – Manutenção → fase de manutenção pode durar após mesmo tempo que foi usado para perda de peso, mas pode até ser mais tempo.
Estrogênio interfere nos hormônios tireoidianos → sintomas de hipoestrogenismo se assemelham aos sintomas de doenças tireoidianas.

Estrogênio tem uma relação muito intensa com a insulina. Menopausa pode provocar aumento do peso, sem hiperfagia. 

blank

Modulação nutricional hormonal 

– Red clover – Trevo vermelho – 500mg padronizado em 40% de flavonoides.

– Flavonoides estrogênicos:

blank

– Feijão, grão-de-bico, ervilha e produtos de soja fermentada apresentam compostos com efeito estrogênico como genisteína, daidzeína e naringenina → se ligam ao receptor GPER, que é bem potente.

– Reduzir exposição a disruptores endócrinos → produtos de limpeza, poluição, plásticos, pesticidas → usar menos plástico, trocar produtos de limpeza por aqueles com menos disruptores, preferir quando possível alimentos orgânicos.

– Reduzir o consumo de ultraprocessados.

– Incluir mais alimentos com flavonoides: canela, pimentas, alcaparra, chicória, frutas vermelhas, frutas cítricas, chá verde, brócolis, cebola, alho, soja fermentada, maçã, feijões, chocolate 70% cacau (20 a 40g por dia, a partir das 17h), maracujá.

– Consumir 300 a 400g/dia de hortaliças e 100 a 200g de frutas.

– Aumentar o consumo de ômega-3.

– Rodiziar estratégias, toda vez que entrar em efeito platô.

– Incluir sirtfoods: alimentos com componentes que estimulam sirtuínas como resveratrol, piceatanol, antocianidina e quinina.

– Modular intestino, manter fígado funcionando adequadamente, higiene do sono, evitar álcool, manter atividade física diária.

blank

NATHÉRCIA PERCEGONI

NUTRICIONISTA

TEMA

Modulação hormonal no climatério: como promover emagrecimento?

Veja mais sobre a palestra

Quer saber mais sobre o assunto?
Separamos alguns conteúdos para
enriquecer ainda mais seus estudos.